Remédio para dor nas costas

Imagem

dor-nas-costas

Não espere ter dor ou incômodo. Procure um Quiropraxista e sinta-se leve e bem. Quiropraxia te dá Qualidade de vida e bem estar…
Agende sua avaliação de Quiropraxia 011-98928-8181

Quiro Salus – Clínica de Quiropraxia

Benefício do Tratamento de Quiropraxia

Imagem

Benefício do Tratamento de Quiropraxia

Veja alguns dos Benefícios do Tratamento de Quiropraxia.

Você já Checou sua Coluna Vertebral?

Imagem

checkup coluna vertebral

checkup coluna vertebral

CERVICALGIA – DOR NA REGIÃO DO PESCOÇO

CERVICALGIA - DOR NA REGIÃO DO PESCOÇOA cervicalgia (dor na região cervical, o pescoço) é um sintoma referido pelo paciente, e pode ser causada por vários tipos de traumas ou lesões, como subluxações vertebrais, compressão contínua e intermitente da raiz nervosa, infecção, inflamação e muito mais. Com estas lesões o organismo muda a postura para compensar a dor, desenvolvendo regiões musculares tensas, rígidas e dolorosas.
Estas tensões geram inflamação nos músculos, que por sua vez, agem sobre os nervos, provocando dor. Desta forma, a reação fibrosa no músculo dá como consequência imediata um encurtamento muscular, perda da eficiência do músculo, e restrição da articulação.
Formando-se então fibrosite (inflamação do tecido fibroso) que é caracterizado pela dor e rigidez em diversas áreas, mais comumente no pescoço e dorso, e ainda, pela formação de pequenos nódulos que são palpáveis e muito doloridos, chamados pontos de gatilho (trigger points).
ajuste quiroprático / manipulação articular da Quiropraxia nas disfunções músculo-esqueléticas faz com que ocorra um alongamento da cápsula articular, através de uma manobra feita diretamente na articulação. O objetivo de tal manobra é restaurar a integridade articular e o bom funcionamento do sistema neuro-músculo-esquelético. Com a manipulação ou ajuste articular é possível aumentar a flexibilidade articular, corrigir falhas de posicionamento, restaurar a nutrição dos discos intervertebrais, controlar a dor e relaxar a musculatura.
Pessoas com dor cervical devem considerar o tratamento de quiropraxia fundamental para tratamento deste mal.
Removendo-se a subluxação articular e devolvendo o bom funcionamento e uma congruência ideal para articulação, há um alívio dos sintomas e remissão da dor.
Procure um Quiropraxista e viva bem e com plenitude…
Para Agendar sua consulta ligue: 011-98928-8181
Atenciosamente;

Síndrome do Piriforme e o Tratamento de Quiropraxia

Síndrome do Piriforme

Pode acreditar que o nome é tão estranho quanto à dor que esta síndrome proporciona. A Síndrome do Piriforme é uma irritação do nervo Ciático, provocada pelo aumento da tensão ou espasmo do músculo piriforme.

Síndrome do PiriformeO piriforme é um músculo pequeno e profundo, localizado na nádega, sob os glúteos e tem como função a rotação externa da coxa, (que é quando o joelho ‘olha para fora’), além de auxiliar na abdução (abertura da coxa). Sua localização vai do sacro (porção final da coluna) até o fêmur (osso da coxa). O nervo ciático  passa debaixo deste músculo, mas em algumas pessoas (10%) ele passa através dele, o que aumenta a predisposição para a síndrome. Se o músculo, por algum motivo, sofrer uma tensão, pode haver compressão do nervo ciático, causando dor e irradiação para as pernas.

O paciente com síndrome do piriforme se queixa de dor profunda e localizada na superfície posterior do quadril. Também pode haver dormência e formigamento em direção às pernas e uma lombalgia indicando o comprometimento do ciático.

A causa mais comum é a tensão e o encurtamento do músculo piriforme. É comum em esportes que requerem corrida, mudança de direção ou descarga de peso excessiva. Corrida em terrenos duros ou irregulares, subir escadas, atividades que exijam muito agachamento e uso de calçados inapropriados para o tipo de pisada ou gastos demais, também podem auxiliar no desenvolvimento da dor.

Ficar sentado por longos períodos, principalmente com a coxa em rotação externa diminui o fluxo sanguíneo para a região do músculo e altera a fisiologia do piriforme (e dos músculos próximos à ele também) provocando o encurtamento. A falta de alongamento irá contribuir para que a musculatura envolvida tencione ainda mais e piore os sintomas.

Se você tem sentido esses sintomas, não se desespere! Procure um Quiropraxista para que o diagnóstico seja estabelecido, descartando a possibilidade de outras patologias que têm sintomas parecidos com a Síndrome do Piriforme.

Depois de confirmado o diagnostico, o Quiropraxista, auxiliarão na redução da dor e consecutiva melhora do quadro. Portanto, preste atenção ao seu corpo e procure sempre ajuda quando sentir necessidade.

Cuidados quiropráticos levam algum tempo para corrigir a coluna, dependendo do estágio da alteração da pessoa e sua adesão ao tratamento e orientações.

Devemos lembrar que levou tempo para o corpo atingir certo grau de degeneração, então é normal e compreensivo esperar um determinado tempo para sua recuperação.

Procure um Quiropraxista e viva bem e com plenitude…

Para Agendar sua consulta ligue: 011-98928-8181

Atenciosamente;
Dr. Fabio Motta –

Quiro Salus – Clínica de Quiropraxia.

Texto de: Priscila Frietzen

SIGA o Blog e receba primeiro as Notícias….

Contra DOR CERVICAL, QUIROPRAXIA e EXERCÍCIOS são MELHORES do que REMÉDIOS

Contra dor cervical, quiropraxia e exercícios são melhores do que medicamentos

Novas pesquisas mostram que consultar um quiropraxista ou praticar simples exercícios são ações mais eficazes para aliviar dores no pescoço do que depender de remédios contra a dor.

The New York Times, 3 de janeiro de 2012 Quiropraxia é melhor contra Dor Cervical / Pescoço do que Remédio segundo Pesquisa

O novo estudo é uma das poucas comparações que colocam lado a lado vários tipos de tratamento para dor cervical, um problema que afeta 75% dos norte-americanos em algum momento de suas vidas. Enquanto muitas pessoas procuram tratamento quiroprático, as evidências científicas sobre sua eficácia ainda são, na melhor das hipóteses, limitadas.

Mas o novo estudo, publicado nos “Anais de Medicina Interna” (The Annals of Internal Medicine), constatou que o tratamento quiroprático e simples exercícios feitos em casa foram mais eficazes na redução da dor do que o uso de medicamentos como aspirina, ibuprofeno ou narcóticos (tais como morfina, heroína e di-hidrocodeína).

“A diferença no resultado entre os tratamentos foi diminuindo ao longo do tempo de observação, mas continuaram existindo,” disse o Dr. Gert Bronfort, um dos autores do estudo e professor de pesquisa naNorthwestern Health Sciences University in Minesota. “Mesmo após um ano de observação, ainda haviam diferenças entre o grupo que utilizou medicamentos e o que fez quiropraxia.”

Dores cervicais moderadas e agudas são alguns dos mais frequentes motivos que levam uma pessoa a procurar atendimento médico, gerando milhões de consultas todos os anos. Para os pacientes pode ser difícil lidar com este problema. Em alguns casos a dor e a rigidez surgem sem explicação, e há muitas opções de tratamento. Fisioterapia, analgésicos e manipulação espinhal são as opções mais comuns, mas o Dr. Bronfort quis descobrir porque existe tão pouca pesquisa relacionada ao tema.

“Existia um vazio na literatura científica em termos de quais são os melhores tratamentos,” ele disse.

Dr. Gert BronfortPara realizar a pesquisa, o Dr. Bronfort e seus colegas recrutaram um grande grupo de adultos com dor cervical sem causa específica. Os sujeitos, ao todo 272, foram contatados através de um grande plano de saúde e anúncios. Então os pesquisadores dividiram os participantes em três grupos, e os acompanharam por 3 meses.

Um dos grupos foi designado para consultar o quiropraxista em consultas de aproximadamente 20 minutos ao longo da pesquisa, fazendo uma média de 15 consultas. O segundo grupo foi designado para utilizar remédios comuns contra a dor como Paracetamol e – em alguns casos, com indicação médica – medicamentos mais fortes como narcóticos e relaxantes musculares. O terceiro grupo se encontrou duas vezes com fisioterapeutas que os instruíram a realizar exercícios simples e leves para o pescoço, os quais podiam ser feitos em casa. Eles foram aconselhados a fazer de 5 a 10 repetições de cada exercício, pelo menos 8 vezes ao dia.

Após 12 semanas, as pessoas nos grupos que não usaram medicamentos estavam significantemente melhores que aquelas que utilizaram medicamentos. Cerca de 57% daqueles que consultaram quiropraxistas e 48% dos que fizeram exercícios relataram que sentiam 75% menos dor. Já no grupo que utilizou medicamentos a redução da dor foi de 33%.

alivio da dor

Um ano depois, quando os pesquisadores voltaram a checar os resultados, 53% dos sujeitos que receberam tratamento quiroprático continuaram relatando pelo menos 75% de redução da dor, resultado similar ao encontrado no grupo dos exercícios. Mas entre os que usaram medicamentos, houve apenas 38% de redução da dor.

Dr. Bronfort disse que foi uma “grande surpresa” ver que os exercícios caseiros foram tão eficientes quanto as seções de Quiropraxia. “Nós não esperávamos que os resultados seriam tão próximos”, ele disse. “Mas eu acho que estas são boas notícias para os pacientes.”

Além da limitada capacidade de redução da dor, os medicamentos tiveram pelo menos mais um ponto negativo: as pessoas continuavam a toma-los. “Um ano depois, as pessoas do grupo dos medicamentos continuaram usando uma grande quantidade de medicação mais frequentemente do que durante o período de acompanhamento da pesquisa,” disse o Dr. Bronfort. “Se você continuar tomando medicação por um longo período, então você está correndo mais riscos de desenvolver sintomas colaterais causados pelos medicamentos, tais como problemas gastrointestinais.”

Ele também demonstrou preocupação com o fato de que a dependência dos remédios faz com que a pessoa não seja ativa no tratamento e não tenha domínio sobre sua condição física, diferentemente dos outros grupos.“Nós achamos que é importante os pacientes serem habilitados a ter o máximo de controle sobre sua condição física,” ele disse. “Este estudo mostra que eles podem desempenhar um importante papel no seu próprio tratamento.”

Devemos lembrar que levou tempo para o corpo atingir certo grau de degeneração, então é normal e compreensivo esperar um determinado tempo para sua recuperação.

Removendo-se a subluxação articular e devolvendo o bom funcionamento e uma congruência ideal para articulação, há um alívio dos sintomas e remissão da dor.

Procure um Quiropraxista e viva bem e com plenitude…

Para Agendar sua consulta ligue: 011-98928-8181

Atenciosamente;

Dr. Fabio Corsini Motta –

Quiro Salus – Escolha Quiropraxia e Viva bem.

Fonte: ‘The New York Times’; 3 de janeiro de 2012; – http://well.blogs.nytimes.com/2012/01/03/for-neck-pain-chiropractic-and-exercise-are-better-than-drugs/

Fonte: Quiroblog

Efeitos colaterais da QUIROPRAXIA versus MEDICAMENTOS para DOR de CABEÇA.

Quiropraxia versus Medicamentos para dor de cabeça

Alguma vez você já parou e se perguntou: “… que tipo de médico devo ir para o tratamento das minhas dores de cabeça?” Para tomar uma decisão informada, convém olhar para os efeitos colaterais de cada opção de tratamento acarreta e, em seguida, considerar os prós e contras de cada tratamento.

Tem sido relatado que 45 milhões de americanos sofrem de dores de cabeça, a maior parte diariamente. A maioria conseguem lidar com a dor, mas outros podem se tornar totalmente desmotivados devido a dor de cabeça. A maioria das pessoas inicialmente recorrem a uma droga de balcão tal como um fármaco anti-inflamatório não-esteróide (AINE).

De acordo com o Conselho de Revisão Médica do About.com, complicações de AINE incluem a irritação do estômago (gastrite, úlcera), tendências hemorrágicas, insuficiência renal e disfunção hepática. Alguns AINEs (particularmente a indometacina) podem interferir com outros medicamentos usados ​​para controlar a pressão arterial elevada e insuficiência cardíaca e o uso prolongado de AINEs pode realmente acelerar a perda de cartilagem articular, levando a artrite prematura. Outra droga de balcão que geralmente é utilizada é o Tylenol (paracetamol), em que a toxicidade do fígado pode ser um forte efeito colateral (particularmente com o uso a longo prazo).

Aqui está o questão, pois apenas cerca de 60% dos pacientes respondem a um tratamento após três semanas de um AINE, os AINEs podem mascarar sinais e sintomas de infecção, e não pode ser previsto qual AINE irá funcionar melhor, e nenhum AINE provou ser superior em relação aos outros para o alívio da dor. Além disso, as estimativas de morte associada a AINE (causas principalmente gastrointestinais) variam entre 3,2 mil à 16.500 mortes por ano nos Estados Unidos. Outra preocupação é que por tempo prolongado, baixas doses diárias de aspirina, “… claramente têm o potencial de causar lesões Gastrointestinais, como 10 mg de aspirina por dia pode provocar úlceras gástricas.”

Outros podem recorrer esperançosos à medicamentos de prescrição para o alívio da dor. Um dos medicamentos mais frequentemente prescritos para dores de cabeça é a amitriptilina (vulgarmente conhecida como Elavil, Endep, ou amitrol). Este é realmente um antidepressivo, mas foi encontrado para trabalhar muito bem para alguns sofredores de dor de cabeça. Os efeitos colaterais incluem visão turva, alteração no desejo sexual ou habilidade, constipação ou diarréia, tontura, sonolência, boca seca, dor de cabeça (ironicamente), perda de apetite, náuseas, cansaço, dificuldade para dormir, tremores e fraqueza. Reações alérgicas como erupções cutâneas, urticária, coceira, dificuldade respiratória, aperto no peito, inchaço da boca, face, lábios ou língua, dor torácica, freqüência  rápida e / ou irregular cardíaca, confusão, delírios, pensamentos suicidas ou ações E MUITO MAIS são relatados.

Os prós e contras do tratamento quiroprático incluiu um relatório sobre as crianças menores de 3 anos de idade, onde apenas uma reação para cada 749 ajustes (manipulações) ocorreu (ela estava chorando, sem efeitos colaterais graves foram relatados). Em adultos, pode ocorrer dor transitória. Embora tempos tem sido relatado como causa de dor de cabeça, concluiu-se que o curso “… é um evento muito raro …”, e que “… não foi encontrada nenhuma evidência de excesso de risco de acidente vascular cerebral associado AVC com a quiropraxia em comparação aos cuidados primários”. Outro estudo convincente relatou que a quiropraxia é 57% mais eficaz do que o tratamento medicamentoso na redução da dor de cabeça e dor da enxaqueca!

Eles concluíram que a quiropraxia em primeiro lugar, drogas e cirurgia sendo a segunda e última opção.

Dr. Paul Curcio

Cuidados quiropráticos levam algum tempo para corrigir a coluna, dependendo do estágio da alteração da pessoa e sua adesão ao tratamento e orientações.

Devemos lembrar que levou tempo para o corpo atingir certo grau de degeneração, então é normal e compreensivo esperar um determinado tempo para sua recuperação.

Removendo-se a subluxação articular e devolvendo o bom funcionamento e uma congruência ideal para articulação, há um alívio dos sintomas e remissão da dor.

Procure um Quiropraxista e viva bem e com plenitude…

Para Agendar sua consulta ligue: 011-98928-8181

Atenciosamente;

Dr. Fabio Corsini Motta –

Quiro Salus – Clínica de Quiropraxia

Traduzido de: http://comparechiropractic.com

Benefício da Quiropraxia para as Crianças

Benefício da Quiropraxia para as Crianças

Como a Quiropraxia cresce em popularidade para os adultos, os pais estão buscando formas alternativas de cuidados de saúde para sua família também.

 A Quiropraxia é muito benéfica em adultos, e também é muito benéfica em crianças. Como pode este método de cuidados beneficiar o seu filho?

A Quiropraxia é uma rota alternativa segura para as crianças. Algumas pessoas veem a Quiropraxia como uma experiência diferente por causa do som que ocorre durante um ajuste articular, mas muito pouca força é realmente utilizada.

A quantidade de força utilizada para ajustar uma criança é facilmente comparável com a quantidade de força que você usa para testar um tomate maduro em um supermercado. Quiropraxistas têm ajudado as crianças assim como têm ajudado os adultos, por isso eles são experientes e profissionais em oferecer o melhor atendimento possível.

Seu filho não vai sofrer com dor causada diretamente por um ajuste da coluna vertebral.

Conforme a criança cresce, mantendo a coluna saudável e alinhada é importante. Problemas da coluna vertebral, como a escoliose pode ser capturado e tratado antes de começar a causar dor ou deformidade. 80% das crianças terão os sinais iniciais de escoliose enquanto elas crescem.

Crescimento e desenvolvimento são fatores na saúde do seu filho, algo que os Quiropraxistas entendem e podem ajudar a identificar e corrigir, as possíveis alterações e desvios que a criança pode sofrer enquanto cresce, com o uso de ajustes da coluna vertebral.

Problemas da coluna vertebral também pode ser o problema subjacente para as crianças que sofrem de cólicas, dores de ouvido, enurese, dores de garganta persistente, alergias, distúrbios do sono e má amamentação. Conforme a criança cresce, a coluna vertebral se desenvolve muito rapidamente. Tarefas como andar de bicicleta, cair da cama, brincando, pulando, correndo, carregando uma mochila nas costas, e outras tarefas menores podem causar lesões na coluna vertebral, que muitas vezes não têm sinais visíveis de trauma.

Distúrbios comportamentais e de desenvolvimento também podem se beneficiar com a Quiropraxia, as crianças apresentam melhora no comportamento, maior flexibilidade e redução da dor.

Como a Quiropraxia ganha força no mundo da medicina, mais pessoas irão reconhecer os benefícios para pessoas de todas as idades, desde o início de nascimento até as idades mais avançadas. Crianças podem se beneficiar de tratamento quiroprático imensamente porque nas primeiras idades a coluna está crescendo rapidamente, e os desvios / alterações podem causar dor e problemas no futuro.

O tratamento de Quiropraxia é seguro, natural e eficaz.

Para maiores informações sobre a Quiropraxia ligue para Dr. Fabio Motta 011-98928-8181

Atenciosamente;

Dr. Fabio Corsini Motta

Tel.:   011-98928-8181

Quiro Salus – Clínica de Quiropraxia.

Fonte: Aqui

Coluna no lugar – Quiropraxia

Especialista em Coluna Vertebral, Doutor Fabio Corsini Motta orienta taxistas a posicionar a coluna de maneira correta ao volante.Dor nas costas e no Pescoço do Motorista.

Trabalhando sentados na mesma posição durante longas horas, os taxistas estão mais vulneráveis a sentirem dores nas costas. Para garantir a saúde da coluna vertebral, é necessário cautela com a base de sustentação do corpo.

Para esclarecer melhor como funciona a coluna vertebral e orientar sobre as técnicas de

tratamentos indicadas, assim como a Quiropraxia, a Folha do Motorista entrevistou o Quiropraxista Doutor Fabio Corsini Motta,  especialista no assunto.

FM – O que é a quiropraxia e como surgiu?

Fabio Corsini – A Quiropraxia é uma profissão primária na área da saúde, reconhecida e incentivada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que se dedica ao diagnóstico, trata-

mento e prevenção de dores e outras alterações  do  sistema  neuro-músculo-esquelético, ou seja, tratamento de articulações, músculos, tendões, nervos e uma abordagem apurada na coluna vertebral.

FM – Para que serve, quais problemas podem ser tratados com a Quiropraxia?

Fabio Corsini – A Quiropraxia trata ou ameniza sintomas / problemas como: dor na coluna vertebral, hérnia de disco, escoliose, ciatalgia (dor ciática), dor de cabeça, dor e tensão muscular, perda de força muscular, adormecimento em braço ou perna, problemas em ombro, cotovelo, punho, mão, quadril, tornozelo, pé, alteração postural e as restrições à movimentação. Ajuda também em casos de cólica menstrual e bronquite asmática, entre outras alterações.

Quanto mais longo o período de tempo entre a lesão e o início do tratamento pelo quiropraxista, mais difícil e mais tempo levará para a correção.

FM – No caso dos taxistas, quais vantagens de realizar sessões de Quiropraxia?

Fabio Corsini – O motorista fica diversas horas sentadas, alterando todas as curvas anatômicas da coluna vertebral e com isso causando estresse em diversas estruturas e consequentemente Dor. As vantagens são: melhor alinhamento das vertebras e com isso evita dor, hérnia de disco, peso no corpo e outras alterações; Melhor movimentação do corpo, eliminando a sensação de se sentir travado, encurtado e duro; melhora a curvatura do pescoço, e com isso evita dor de cabeça; Melhora a disposição e vigor, uma vez que a pessoa se sente bem; Melhora a Imunidade do corpo, uma vez que a coluna tem um bom movimento e com isso a o líquido encéfalo-raquidiano circula melhor pela medula espinhal, entre outras…

FM – Há efeitos colaterais? Quais?

Fabio Corsini – Os efeitos colaterais são mínimos, e a maioria das pessoas refere um alívio imediato ao tratamento e poucos relatam incômodo ou um dolorido após, sendo que depende da condição do paciente e seu estado geral de saúde.

FM – Quais as orientações para esses profissionais minimizar os efeitos de dores nas costas durante o trabalho?

Fabio Corsini – Não permanecer muito tempo sentado, beber água, alongar-se, manter uma boa postura ao volante, evitar movimentos bruscos, não dormir no banco do carro, e caso sinta o incômodo por mais de 24 horas procure um Quiropraxista.

FM – Por que a quiropraxia é pouco divulgada?

Fabio Corsini – A Faculdade de Quiropraxia é Norte Americana e é nova no Brasil, e com isso são poucos os profissionais formados, mas é considerada uma das profissões na área da saúde que mais cresce.

FM – O tratamento inclui medicamentos?

Fabio Corsini – O Quiropraxista efetua todos os procedimentos através de ajustes articulares ou manipulação articular feito com as mãos ou com auxílio de alguns equipamentos próprios, sem uso de medicação ou procedimentos invasivos (como agulhas) ao organismo.

FM – Quais as orientações para manter a postura correta ao volante?

Fabio Corsini – O motorista deve-se sentar com o quadril bem próximo ao encosto, e o encosto deve estar ligeiramente para trás, mas de uma forma com que as costas encostem o máximo no encosto do banco.

*Dica: Com uma toalha pequena de mão, faça um “rolinho,” e este encaixe entre o encosto do banco e a região baixa das costas (lombar), na altura do umbigo, ajudando a preencher o espaço, e com isso não estressando a região de maior incidência de hérnia de disco.

FM – Qual a diferença entre fisioterapia e quiropraxia?

Fabio Corsini – A Quiropraxia sendo uma profissão primária na área da saúde, diagnostica, trata e previne diversas alterações em nosso corpo e com isso não há necessidade de procurar diversos profissionais da saúde, economizando tempo, dinheiro e mantendo-se saudável. Muitas vezes, o quiropraxista complementa o tratamento de quiropraxia ou quiroprático com exercícios físicos, alongamentos, reeducação postural e orientação nutricional, pois em certos casos, o paciente precisa reaprender a andar. A quiropraxia não lembra as massagens convencionais, sessões de acupuntura ou exercícios de Reeducação Postural Global (RPG). A quiropraxia visa ao mesmo tempo esses resultados, através da manipulação /ajuste articular. Outra diferença é que a duração do tratamento de quiropraxia ou quiroprático é menor.

FM – Quais as contraindicações?

Fabio Corsini – As principais contraindicações são: Fraturas ósseas, rompimento de ligamentos ou frouxidão ligamentar, câncer ósseo ou metástase, alguns tipos de trombose, aneurisma cerebral. Lembrando que sempre deve ser feita uma análise antes de qualquer procedimento da Quiropraxia.

FM -O que esperar no pós-sessão?

Fabio Corsini – Após o ajuste vertebral, além do alivio dos sintomas, como a dor, perda de movimento, perda de sensibilidade ou até a radiculopatia, também é comum sentir uma paz profunda e uma sensação de relaxamento que poderá durar dia todo ou semana, melhorando ainda a qualidade do sono, sendo mais profundo e revitalizado. Muitos pacientes relatam sensação de relaxamento assim como uma sensação de mais disposição e energia no dia-a-dia. Alguns casos não apresentam essas manifestações, mas isto não significa que não estejam recebendo todos os benefícios dos ajustes, simplesmente não estão sentindo as reações externas da Quiropraxia.

Cuidados quiropráticos levam algum tempo para corrigir a coluna, dependendo do estágio da alteração da pessoa e sua adesão ao tratamento e orientações.

Devemos lembrar que levou tempo para o corpo atingir certo grau de degeneração, então é normal e compreensivo esperar um determinado tempo para sua recuperação.

Mais informações sobre o tema no site

https://quirosalus.wordpress.com                                     ,

pelo e-mail: fabio.ipq@gmail.com ou pelo telefone  011-99466-22260

Hérnia de disco? Protrusão? Veja como acontece a protrusão de disco intervertebral.

Vídeo

Hérnia de disco? Protrusão? Veja como acontece a protrusão de disco intervertebral.
A Quiro Salus te ajuda a ter uma vida normal, de modo natural, seguro e eficaz.
Invista na sua saúde.
Quiropraxia é o melhor remédio para hérnia de disco, protrusão de disco e dor nas costas.

Para maiores informações ligue: 011-98928-8181

https://quirosalus.wordpress.com/